Qual a nossa prioridade máxima?

Arauto_Prioridade-150x150

A vida nos tempos que correm assume-se como uma autêntica correria, que muitas vezes leva a que nós prestemos mais atenção àquilo que surge como urgente, descurando o mais importante. Como cristãos, afirmamos que Jesus é nosso Senhor e Salvador, contudo, as nossas preocupações e afazeres fazem com que muitas vezes não tenhamos tempo para Deus.

No entanto, Deus promete-nos na Sua Palavra que se dermos a prioridade máxima ao Seu Reino, Ele cuidará de nós.

Dar a prioridade máxima a Deus não significa necessariamente servir na igreja, embora tal também seja importante. Passa, isso sim, por uma vida que reflita a vontade de Deus (através do nosso testemunho e da partilha do Evangelho com aqueles que ainda não o receberam). Este estilo de vida apenas é conseguido se tivermos intimidade com Deus e com a sua Palavra, interrogando-nos sobre o que Jesus faria se estivesse no nosso lugar sempre que tivermos que tomar uma decisão.

Infelizmente, parece-nos sempre existir uma desculpa para não começarmos desde já a dar a prioridade máxima a Deus. Os jovens acreditam que ainda têm muito tempo pela frente e, por enquanto, querem aproveitar a vida. Os adultos possuem uma vida profissional muito ocupada e têm de cuidar da família, não conseguindo disponibilizar tempo para Deus. Os idosos, por seu  lado, sentem-se cansados e acreditam que já não há nada que possam fazer pelo Reino de Deus. A verdade é que tudo depende da nossa determinação e, independentemente da idade que cada um de nós tenha, o melhor momento para começarmos a pôr Deus em primeiro lugar nas nossas vidas é agora.

print